icon
+55 (47) 3326-3677

Blumenau / SC

icon
Atendimento

Segunda à Sexta
8h às 12h - 13h15 às 17h45

icon
Área Restrita

Exclusiva para Clientes

24/11/2017

Previdência | trabalhador que contribuir por 15 anos receberá 60% do teto

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, declarou, na tarde de ontem, 22, que o trabalhador que contribuir para a Previdência Social por 15 anos e atingir a idade mínima de 65 anos, para homens, e de 62 anos, para mulheres, receberá 60% do teto da aposentadoria. O valor integral será pago pelo Instituto Nacional do Seguro Social somente quando houver contribuição de 40 anos e a idade mínima.

 

“Então, há um incentivo para as pessoas, de fato, trabalhem um pouco mais, visando ter uma aposentadoria melhor”, afirmou. De acordo com o chefe da pasta, o novo texto deve ter 60% dos benefícios fiscais prometidos na proposta original, que é um pouco abaixo de R$ 800 bilhões em 10 anos. A nova projeção é de que a economia proporcionada pelas mudanças propostas pelo governo fique, agora, em cerca de R$ 480 bilhões, o correspondente a 60% do valor inicial.

 

A nova regra também passa a valer para os servidores públicos, que entram na reforma. Foram retirados do texto a mudança de regra para trabalhadores rurais e o benefício de prestação continuada (BPC). Ou seja, não haverá alteração para estes temas.

 

Mais cedo, 13 governadores e três vice-governadores se reuniram com o presidente, Michel Temer, para discutir a pauta. Na mesa de negociação está o apoio em troca a renegociação da dívidas dos estados com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Meirelles estava no encontro e falou com jornalistas na chegada no ministério da Fazenda.

 

O texto final da reforma da Previdência foi apresentado pelo relator, deputado Arthur Maia (PPS-BA). (CB).